Cistermúsica prossegue viagem musical em 2020 com “Outros Mundos”

23
Outubro

Impulsionado pelo sucesso da 28ª edição, em que o público esgotou todos os espetáculos, o Cistermúsica regressa este mês num formato inédito: a programação “Outros Mundos”. Esta nova proposta, alicerçada em temáticas musicais diferenciadoras, estreia-se entre os dias 23 e 25 de outubro e prosseguirá até ao final do ano, explorando a diversidade de “mundos” musicais e fomentando a realização de espetáculos em locais inusitados.

A Banda de Alcobaça, entidade promotora do Cistermúsica, procura assim dar oportunidade a novos agrupamentos e projetos musicais, além de levar ao palco alguns espetáculos que estavam previstos para o festival de verão, mas que então não foi possível concretizar dados os constrangimentos existentes.

Esta programação tem início com o Grupo de Música Contemporânea de Lisboa, agrupamento que abrirá o Ciclo de Música Contemporânea, no dia 23 de outubro, às 21h30. O espetáculo decorre sem presença de público e é apresentado em livestream na página de Facebook do Cistermúsica.

A 24 de outubro chega-nos o Trio La Nave Va que inaugura, na Igreja de Nossa Sr.ª da Conceição em Alcobaça, às 21h30, o “Ciclo Música em Igrejas”, que terá continuidade noutras igrejas do concelho.

A programação prossegue no dia 25 de outubro às 17h00, na Igreja São João Baptista do Lumiar, em Lisboa, onde teremos a possibilidade de testemunhar o renascimento do Grupo de Instrumentos de Sopro da Banda de Alcobaça (GISBA). Um espetáculo em parceria com o Festival Música no Termo. O GISBA, fundado pelo Maestro Vítor Santos na década de 1990 — e que reunia alguns dos melhores músicos da Banda de Alcobaça — ganha agora nova vida na forma de um quinteto de sopros, continuando assim a promover o talento local. Este regresso integra a dupla comemoração do Centenário da Banda de Alcobaça e do 35º aniversário do seu Ressurgimento.

Recorde-se que o Cistermúsica se assumiu como um dos primeiros agentes a promover o regresso das atividades culturais após o período de confinamento, apoiando a comunidade artística e constituindo um exemplo no cumprimento das normas emanadas pela Direção-Geral de Saúde.

O Cistermúsica, conta com os fundamentais apoios da Direção-Geral das Artes e da Direção-Geral do Património Cultural.

Subscreva a newsletter do Cistermúsica