Cistermúsica encerra esta quarta feira com dança contemporânea e videomapping

16
Agosto

O Festival de Música de Alcobaça apresenta às 23h00 de 19 de agosto o derradeiro momento desta edição: a transmissão em streaming de Carmina Burana, de Carl Orff, numa versão para dança contemporânea e videomapping em estreia mundial pela Vortice Dance Company. A obra, uma encomenda do festival, será apresentada em exclusivo na página de facebook do festival (https://www.facebook.com/festivalcistermusica). 

Cláudia Martins e Rafael Carriço, diretores artísticos e coreógrafos da companhia, apresentam uma abordagem exuberante e provocativa da obra musical de Carl Orff que, de alguma forma, recria também a recente situação de confinamento, pois o espetáculo que será apresentado resulta de uma residência artística em que a companhia esteve enclausurada noites a fio nalguns dos mais belos espaços interiores do Mosteiro de Alcobaça para conceber uma obra única, que une a intensidade da dança contemporânea e da representação ao videomapping.

“Está a ser um processo de grande demanda e de grande entrega física, emocional e relacional de todos os bailarinos, atores e de nós mesmos. Revivemos as situações escritas nos contos medievais, de uma forma extenuante e cíclica. É uma obra onde todas as personagens são corrompidas pelos prazeres da carne e pela luxúria, o que numa situação de confinamento, assume, por vezes, a dimensão da loucura”, referem os coreógrafos.

A 28ª edição do Cistermúsica – Festival de Música de Alcobaça, conta com os fundamentais apoios da Direção Geral das Artes, da Direção Geral do Património Cultural, da Câmara Municipal de Alcobaça para a programação digital e tem como mecenas o BPI / Fundação “La Caixa”.

Subscreva a newsletter do Cistermúsica