Orquestra Metropolitana de Lisboa

Portugal
Principal
17
julho

21h00
Local: Mosteiro de Alcobaça – Cerca

Deambulações Musicais

Informamos que devido à entrada do concelho de Alcobaça na lista de concelhos com risco elevado de incidência de Covid-19, fator que implica medidas mais restritivas no setor da cultura, os horários da ópera La Serva Padrona e Orquestra Metropolitana de Lisboa foram antecipados para as 21h00.
A abertura de portas para ambos os espetáculos decorrerá a partir das 20h40.
Agradecemos a compreensão.

 

Concerto sinfónico

Um dos recursos mais tentadores de que os compositores dispõem para prender a atenção dos ouvintes é a citação de sonoridades que sejam familiares. Todas as sociedades se caracterizam por impressões auditivas que lhes são próprias. Quando enquadradas nas partituras musicais, estas convidam-nos subtilmente a viajar até esses “lugares”. Ainda que chegadas de outros tempos, as três obras deste programa despertam-nos essa vontade. Johann Nepomuk Hummel foi o músico que substituiu Joseph Haydn como Mestre de Capela na corte dos Esterházy. Quer na Fantasia para Viola d’Arco quer no Concerto para Trompete fez alusões explícitas a óperas que já eram populares no início do século XIX, tais como Don Giovanni de Mozart, no primeiro caso, ou Les Deux Journées de Cherubini, no segundo. Pelo meio, e transportados até 1960, o Divertimento N.º 1 de Joly Braga Santos leva-nos a percorrer paisagens mais próximas, com ideias musicais afins à música tradicional portuguesa.

Descarregue a folha de sala »

 

Programa

J. N. Hummel (1778 - 1837)
Pot-pourri (Fantasia) para Viola e Orquestra

Joly Braga Santos (1924 - 1988)
Divertimento N.º 1, Op. 32 (1960)
I. Prelúdio
II. Intermezzo
III. Finale 

J. N. Hummel
Concerto a tromba principale

Pedro Neves, maestro
Irma Skenderi, viola
João Moreira, trompete

Preço: €12
Preço especial*: €10

COMPRAR BILHETES »

*Desconto para menores de 18 anos e para maiores de 65 anos

Patrocínio:

secil

 

Regras de segurança
As regras de segurança para acesso do público ao festival obedecem às recomendações da Direção-Geral de Saúde. Vamos acolhê-lo com toda a segurança e confiança.

Acesso ao espaço
O acesso ao Mosteiro de Alcobaça é feito pela entrada da Ala Sul (Mosteiro). A saída realiza-se pelo mesmo local. A entrada é exclusiva ao portador de bilhete. A entrada é feita a partir das 20h40.

Normas de segurança
Uso obrigatório de máscara, mesmo com viseira.
Observe as distâncias de segurança no acesso ao recinto.
Use os dispensadores de álcool gel disponíveis em vários espaços do local.
Cumpra a etiqueta respiratória.
Respeite a distância entre os lugares.
Não será entregue qualquer folheto ou formato físico.
Poderá consultar as folhas de sala em meio digital através do acesso https://www.cistermusica.com/pt/conteudos
Para qualquer dúvida, peça apoio aos assistentes de sala.

Subscreva a newsletter do Cistermúsica