Alma Ensemble

Portugal
Rota de Cister
24
julho

21h30
Local: Penacova · Mosteiro de Lorvão

Josquin e os seus contemporâneos em Portugal

Ensemble vocal

Comemorando os 500 anos da morte de Josquin des Prez este programa constitui uma oportunidade incomum não só de ouvir a sua música, atualmente muito interpretada na Europa central mas raramente em Portugal, mas também de ouvir a música dos compositores portugueses da mesma época.
Através de uma seleção de algumas das obras mais emblemáticas do compositor francês, podemos conhecer as características fundamentais da sua música e, de um modo geral, do estilo franco-flamengo em que se insere: uma textura intrincada e complexa, em que várias linhas melódicas, alternando entre duetos e tutti, vão aparecendo e desaparecendo, imitando-se frequentemente umas às outras. Em alternância com estas peças, ouviremos obras de compositores portugueses da mesma geração e da geração imediatamente posterior, o que permitirá compreender as influências e as originalidades da música que se fazia no nosso país à luz do estilo dominante da época.

 

Programa

Josquin e os seus contemporâneos em Portugal
Concerto comemorativo dos 500 anos da sua morte

Josquin des Prez (1450/55 – 1521)
Salve Regina

Pedro do Porto (1465 – 1535)
Magnificat do 8º Tom

Josquin des Prez
Absalon, fili mi

Vicente Lusitano (1520 – 1561)
Heu me Domine

Josquin des Prez
Ave Maria gratia plena, virgo serena

Bartholomeu Trosylho (1500 – 1567)
Pro defunctis

Josquin des Prez
In te Domine speravi

Pedro de Escobar (século XV – século XVI)
Clamabat autem mulier cananea

Josquin des Prez
Inviolata, integra et casta es

Vasco Pires (século XV - século XVI)
Magnificat do 4º Tom

Josquin des Prez
De profundis clamavi

Jean Richafort (1480 - 1550)
Requiem in memoriam Josquin des Prez
Communio “lux aeterna – Requiem aeternam”

Filipa Palhares, direção
Ariana Russo, Isabel Cruz Fernandes e Sofia David, sopranos
Joana Esteves, Marta Queirós e Rita Mourão Tavares, contraltos
João Barros, Jorge Leiria e Nuno Raimundo, tenores
Filipe Leal, Rui Borras e Tiago Mota, baixos

Lugares limitados – Entrada gratuita mediante reserva através do contacto 239 470 306 (Biblioteca Municipal de Penacova)

Parceria: Município de Penacova

 

Regras de segurança
As regras de segurança para acesso do público ao festival obedecem às recomendações da Direção-Geral de Saúde. Vamos acolhê-lo com toda a segurança e confiança.

Acesso ao espaço
A entrada é exclusiva ao portador de bilhete. A entrada é feita a partir das 20h45 e até 15 minutos antes do início do espetáculo. Não é permitida a entrada após o início do espetáculo.

Normas de segurança
Uso obrigatório de máscara, mesmo com viseira.
Observe as distâncias de segurança no acesso ao recinto.
Use os dispensadores de álcool gel disponíveis em vários espaços do local.
Cumpra a etiqueta respiratória.
Respeite a distância entre os lugares.
Não será entregue qualquer folheto ou formato físico.
Poderá consultar as folhas de sala em meio digital através do acesso https://www.cistermusica.com/pt/conteudos
Para qualquer dúvida, peça apoio aos assistentes de sala.

Subscreva a newsletter do Cistermúsica